Dicas de adaptação escolar
30/01/2019

O inicio das aulas pode ser um desafio para os pequenos e principalmente para os papais e mamães. É um momento marcado pelo choro e com certeza uma das coisas que mais desestabiliza qualquer mãe/pai é ouvir o seu filho chorando desesperado pelo seu colo, pelo seu aconchego e não poder proporcionar isso a ele.

O fato é que toda estreia gera um mix de emoções, entre boas e não tão legais assim. Isso vale para todos! É normal. É humano. Pois imagina para um serzinho, que está começando a perceber e experimentar o mundo, que antes era limitado em seu mundinho dentro de casa e acaba descobrindo um novo ambiente.  

As descobertas têm tudo para encantar, pois a cada uma delas, por menor que seja, é uma oportunidade de desenvolver suas habilidades, conhecimentos e percepções. 

A vivência desta nova descoberta traz repercussão futura na vida do indivíduo. Motivo mais do que suficiente para que adultos se desdobrem em atenção nesses verdadeiros rituais de passagem dos pequenos.

É de extrema importância explicar para criança o que vai acontecer e incentivá-la dizendo as coisas lindas e legais que você viu na escola, como por exemplo a sala de fantasias ou o parquinho de areia. Contar sobre a professora e os novo amiguinhos também é muito motivador.

Se for possível, levar a criança para conhecer a escola junto com vocês e ir sentindo e percebendo o que ela mais gostou do local. Você pode usar dessa informação em momentos oportunos.

Para cada idade existe uma forma diferente de se adaptar, confira: 

- Bebês de 5 a 6 meses 
costumam se adaptar com mais facilidade e esse momento de transição costuma ser mais tranquilo. A maior dificuldade está na adaptação dos pais nessa fase.

- Bebês a partir de 7 meses até 3 anos de idade 
costumam ter uma adaptação mais trabalhosa, porque nessa idade eles já estranham as pessoas e lugares e ainda não tem habilidade para compreender o que significa a escola e nem o que estão fazendo lá. Nessa hora é necessário ter muita paciência, confiança na sua escolha e passar muita tranquilidade.

- Crianças a partir dos 4 anos 
costumam ter uma adaptação bem tranquila, porque já tem a habilidade da verbalização e consegue compreender o que está acontecendo. Basta 1 ou 2 dias para que ela se integre ao novo espaço.

Separamos algumas dicas para quem está passando ou vai passar por essa fase e como facilitar na hora de lidar com a situação. 

🔺 Não minta! Despeça-se tranquilamente (por mais que seu coração esteja apertado). Não diga que vai ficar ali do ladinho esperando e desapareça “do nada”. Diga que vai pra casa, pro trabalho, e deixe bem claro: “Filho (a), a mamãe vai trabalhar e já volta pra te buscar. Eu, ou o papai sempre viremos te buscar! Sempre!”;

🔺 Jamais fale coisas negativas da escola ou da professora perto da criança. Os pais precisam confiar na instituição que escolheram e isso faz a criança também ter segurança do lugar que ela ficará;

🔺 Não desista. Cada criança é uma criança e cada uma tem o seu tempo para se adaptar. Respeite isso!

🔺 Evite aparecer na sala pra ver o filho (pra ter certeza que ele se acalmou). As professoras (normalmente) são orientadas a sair de sala e distrair a criança de outras formas;

🔺 Se na hora que você for buscar seu filho e ele estiver chorando, EVITE FALAS DO TIPO: “Por que você está chorando?? A mamãe já chegou. Não precisa mais chorar!”. Se o filho estiver chorando na hora que vc for buscar, abrace-o e diga: “Filho, a escola é tão legal, né?? “ . “Você confia na mamãe? A mamãe escolheu uma ótima. Escola para você, eu confio nas professoras e nas pessoas que vão cuidar de você...” 

🔺 Esteja bem decidida sobre a decisão de colocar seu filho na escola. Quanto mais confiante você estiver, maior segurança passará para ele de que a escola é um lugar seguro e legal;

🔺 Se possível, leve a criança de mãos dadas ao invés de ser no colo. Isso ajuda na separação e mostra para ela sua confiança com relação ao local;

🔺 Se a criança for muito apegada a algum brinquedo, naninha ou algo assim, é interessante levar nos primeiros dias de aula, para que se faça uma ligação entre a escola e sua casa;

🔺 Seja pontual na hora de buscá-la na escola. Mesmo que seu filho ainda não saiba ver as horas, é importante que você chegue no horário combinado para que não o deixe mais inseguro e apreensivo;

🔺 Mostre para seu filho o material, uniforme e as coisas que você preparou para ele levar para a escola. Assim ele vai se acostumando com a ideia;

🔺 Quando chegarem em casa depois das aulas, estimule que a criança conte (mesmo as pequenas, que ainda não saibam falar de forma clara) como foi na escola. Demonstre animação e alegria por esta nova fase;

A criança vai precisar de uma dose extra de amor quando voltar pra casa. Valorize esse momento. Dê ainda mais amor, ainda mais contato físico, colo, chamego.